A sepiolita é um mineral de cor branca e textura macia, que foi e ainda é utilizado principalmente para o fabrico de cachimbos. Devido à sua baixa densidade e alta porosidade, a sepiolita pode flutuar na água. Às vezes é encontrada flutuando nas águas do Mar Negro,  entre a Ásia e a Europa, o que lhe rendeu o nome popular de espuma do mar. O primeiro registro do uso da espuma do mar para o fabrico de cachimbos foi em torno de 1723, rapidamente se tornando muito valorizada devido à sua natureza porosa, resistência ao calor e retenção de umidade. Os cachimbos antigos geralmente apresentam belas esculturas. Com o uso constante, a espuma do mar escurece com a absorção do tabaco e outras substâncias do fumo, tornando-se amarelada e podendo assim ser confundida com o marfim ou o âmbar fosco.