Antiga e bela xícara bigodeira alemã, feita de porcelana decorada com flores de amor-perfeito e dourados, além de detalhes em relevo. As “bigodeiras” floresceram durante a era vitoriana (final do século XIX). Muitas vezes, cera era aplicada para no bigode para mantê-lo agradavelmente rígido. E aí estava um problema que surgiu quando vapor que provinha das xícaras de chá quente ou café eram levadas até a boca para se beber: o vapor derretia a cera e ainda a enviava para dentro da xícara. Finalmente, Harvey Adams, um inglês inovador, em 1860 veio com uma invenção incomum: “a xícara de bigode”. Esta tinha uma borda (um aparato de louça), chamada de guarda-bigode. A saliência tem uma abertura semicircular contra a lateral da xícara. O bigode assim, podia descansar seguro e seco sobre a guarda, enquanto se tomava uma bebida quente através da abertura. Com a queda da moda do “bigode com cera”, a produção deste tipo de xícaras caiu em decadência. São objetos raros – colecionáveis. A xícara apresenta um pequeno texto em alemão gótico, que diz: “Uma barba grande pode causar desgosto, mais quando se bebe do que quando se beija.” Isto é uma característica que garante a autenticidade da peça, visto que existem no mercado muitas falsificações de xícaras bigodeiras, que são feitas a partir de xícaras antigas, principalmente xícaras isabelinas. Do final do século XIX/início do século XX, está em bom estado de conservação, apenas com um fio de cabelo no pires. Apresenta desgaste do dourado em alguns pontos, mas nada que interfira na beleza da peça. Perfeita para uso, decoração e para colecionadores.

Medidas:
Altura da xícara: 8,8 cm
Diâmetro do píres: 16,7 cm

Valor à vista: R$ 890,00
Valor parcelado: 3 x R$ 330,00

Referência: LO 61

Share This