Tipo de louça curiosa, exótica (faiança) que surgiu no final do século XIX na França, na cidade de Sarraguemines, De uso utilitário ( fruteiras, aparelhos de chá, jantar, café, floreiras etc), os objetos eram muito bem esmaltados e foram muito bem recebidos pelo público de uso campestre.A sua marca era “in cavo” (letras de forma gravadas na própria faiança ainda sem cozimento e sem banho final). Saladeiras e sopeiras aparecem com formas curiosas. Exemplo:um belo e amarelo melão, cuja metade se abre em tampa ou um presentoir (travessa que fica embaixo da sopeira) em forma de folha verde, recortada. Leiteira e bules aparecem em formas de animais, molhos de aspargos que se abrem pela metade e são usados como caixa para guardanapos. A excentricidade do formato das peças Sarreguemines atrai a cobiça de colecionadores originais e extravagantes. No começo de século passado (1900) a fábrica Sarraguemines criou objetos dentro do estilo Art Nouveau. Nos anos 1920, quando apareceram os primeiros vestígios do estilo Art Decó, apareceram peças neste estilo geométrico e com coloração característica amarela, vermelha, preto e branco – figuras são transformadas em objetos de uso: gatos, pássaros, galos, cachorros são usados a guisa de leiteiras e jarros d’água.