Relativamente rara, este tipo de porcelana apareceu na Inglaterra, na Era Vitoriana, e tem coloração quase preta. Este tipo de louça foi comum no Brasil, na maioria das vezes em forma de aparelhos de chá e café e vasos. A decoração é simples, em esmalte policromo, cujo relevo dá um ar oriental em ouro filetado e flores em esmalte branco. Normalmente as peças não tem marca, tendo no verso apenas “Made in England”. Aparecem também alguns exemplares dessa louça com decoração romântica: galho de macieira com flores, onde se vê um pássaro colorido. Ignora-se o motivo da denominação “Black Bird” (pássaro negro) para este gênero de louça, pois não tem-se notícia da presença de pássaro negro na sua decoração, para justificar o nome. O “preto” está, entretanto, na coloração-base deste tipo de louça.