Espécie de caneta que contém um RESERVATÓRIO RECARREGÁVEL para a tinta. Nos primeiros anos do século XX ainda eram usadas as canetas simples (caneta de pena) de molhar no tinteiro. Nesta época as carteiras escolares possuíam um orifício onde se colocava o tinteiro. Os modelos com reservatório são mais recentes. As canetas-tinteiro usam tinta à base de água e pigmentos colorantes, entre eles a NANQUIM.