Bico-de-pena

Arte: técnica de desenho sobre papel que permite ao artista usufruir facilmente do chamado “efeito fino-grosso” do traço. A bico de pena é um objeto metálico pequeno, com alguns centímetros de comprimento, que deve ser acoplado a um suporte ou haste. Quando a bico de pena é mergulhada na tinta, a tensão superficial faz com que ela se fixe nesse buraco, e então vá escorrendo pela canaleta até a ponta. Dependendo da pressão exercida, o traço varia de grossura e o resultado é muito belo.

Biscuit

Biscuit (ANTIGO): tipo de cerâmica que foi ao forno, mas sem vitrificação ou aplicação de esmalte. Por sua natureza porosa, a cerâmica biscuit absorve água. A temperatura de queima de biscuit é geralmente de pelo menos 1000 ° C, embora temperaturas mais altas também são comuns.  A queima da peça provoca alterações físicas e químicas permanentes e que resulta num artigo muito mais duro e mais resistente, o qual ainda pode ser poroso.

Biscuit moderno (ou porcelana fria): massa (mistura de amido de milho, cola branca para porcelana fria, limão e vaselina) utilizada por artesãos e que serve para moldar objetos decorativos. Esta massa dispensa a secagem no forno: sua secagem se dá ao ar livre e aceita diferentes tipos de tintas e corantes. Sem pintura, o biscuit é fosco e poroso.

Biscuit, do francês = biscoito

Bisotê ou Vidro Facetado

Tipo de acabamento facetado ou chanfrado (corte obtuso) em vidros e espelhos. Bisotê ou biselado refere-se a um corte chanfrado nas extremidades do vidro ou espelho, que em seguida recebe um polimento, devolvendo a textura e o brilho natural, por meio de máquinas especiais.

Black Bird, Porcelana

Relativamente rara, este tipo de porcelana apareceu na Inglaterra, na Era Vitoriana, e tem coloração quase preta. Este tipo de louça foi comum no Brasil, na maioria das vezes em forma de aparelhos de chá e café e vasos. A decoração é simples, em esmalte policromo, cujo relevo dá um ar oriental em ouro filetado e flores em esmalte branco. Normalmente as peças não tem marca, tendo no verso apenas “Made in England”. Aparecem também alguns exemplares dessa louça com decoração romântica: galho de macieira com flores, onde se vê um pássaro colorido. Ignora-se o motivo da denominação “Black Bird” (pássaro negro) para este gênero de louça, pois não tem-se notícia da presença de pássaro negro na sua decoração, para justificar o nome. O “preto” está, entretanto, na coloração-base deste tipo de louça.

Bobeche

O bobeche é um aparato em forma de prato com furo central e que é utilizado na parte superior de um castiçal. Sua função é de reter a cera derretida que escorre pelas laterias da vela.  Elemento decorativo muito comum também em lustres e arandelas (eletrificados). Neste caso o bobeche perde a sua função original e passa a, no contexto do lustre, apenas decorar.

Boêmia (Bohemia)

Nome de um região histórica da Europa Central, que atualmente ocupa a parte ocidental e central da República Tcheca. É limitada a oeste pela Alemanha, a nordeste pela Polônia e ao sul pela Áustria. É uma região
famosa pelos seus artefatos de cristais (cristais da Boêmia) e também por suas cervejas.

Nota: Na língua checa não há distinção entre os adjectivos “boêmio” e “checo”.

BOÊMIA, vidros da

Vidros não somente alemães, mas também franceses, italianos e americanos fabriados a partir de 1880 até 1900. Vidro de coloração alegre e que recebiam inscrições ingênuas: “Recordação, Bons Annos, Amizade, Felicidades etc”. A decoração era feita com base no estilo floral: margaridas, cravos e flores campestres. No Brasil aparecem copos, pequenas garrafas, moringas, etc; A douração utilizada neste tipo de vidro, embora à vezes um pouco demasiada, é feita sem a utilização de fornos; daí sua duração às vezes efêmera. Nos vidros de origem americana aparecem pequenos relevos em tinta esmalte, colocado depois da peça resfriada.

Boiserie

Decoração de interiores: técnica muito comum na Europa (Inglaterra, Franca, Alemanha etc) que consiste em emoldurar as paredes (e inclusive o teto) com painéis de madeira em alto e baixos-relevos. O objetivo não é apenas de decorar, mas também de aquecer o ambiente.
Atualmente, na releitura do boiserie, a madeira deixa de ser matéria-prima obrigatória para ser substituída por elementos alternativos mais econômicos como o isopor, gesso, cimento e poliuretano e também porque a madeira auxilia no aquecimento do ambiente.  e que é dispensável no Brasil, por ser um país tropical.