O Estilo Georgiano está compreendido no período barroco: a dinastia dos Georges (1714 a 1811) inclui o Barroco tardio, o Rococó e o Neoclássico até o período da Regência.

A construção é robusta, mas nem sempre com boas proporções. As pernas são “cabriolet”, ou seja, para fora, na altura do joelho e para dentro na altura do tornozelo. Mas também encontram-se peças que obedecem o estilo Georgiano e que tem as pernas retas. A ornamentação é simples, quase sempre determinada por uma escultura. As cadeiras têm assento estofado e encostos mais largos na parte superior do espaldar. A madeira preferida era o mogno.