Logo após a queda do último dos Luíses (Luis XVI), na França, surge o estilo ligado ao gosto de Napoleão, quando imperador (1804): não faltam abelhas, águias e letras N gigantescas por coroas de ouro. Logo após a campanha de Napoleão no Egito, a influência deste país refletiu na decoração do Império.