Na onda do eclético e do pós-moderno, nada se cria, tudo se transforma. O kitsch é o contrário do Clássico. Mas é chique, é cult, é polêmico, é exagerado. Trata-se do resgate de peças excessivamente utilizadas, como o “pinguim de geladeira”, combinações de peças, pinturas, acabamentos de gosto duvidoso ou um tanto quanto “polêmico”.