Material branco-leitoso, translúcido a opaco, mais compacto que o osso, que forma a parte central das presas de animais, como o elefante e o hipopótamo. O material foi muito utilizado na antiguidade na confecção de joias, esculturas e diversos outros artefatos, incluindo religiosos. Abominada por pessoas sensíveis à preservação da vida e do meio ambiente, a prática do abate desses animais para este fim está proibida na maioria dos países e é considerada crime e causa a extinção dessas espécies.

Ver também criselefantino (a).