A Indústria e Comércio de Porcelana Rebis Ltda foi uma fábrica de porcelana brasileira criada em 1956 em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. As mais notáveis e características peças de porcelana produzidas pela fábrica foram bibelôs de damas, bailarinas e cavalheiros que possuíam detalhes em tule porcelanizado (rendado). Essas rendas eram feitas com uma técnica que envolvia mergulhar um tecido de algodão na barbotina, que é a massa líquida da porcelana, e esse tecido era modelado e dava forma para os vestidos, golas e mangas das roupas dos bibelôs. O bibelô era então levado ao forno e o tecido desaparecia incinerado, deixando a porcelana com o aspecto de renda, no formato em que o tecido foi moldado. O nome Rebis é um acrônimo das iniciais dos sobrenomes dos primeiros sócios da empresa: Res, Bilan e Stener.