Stanhope, Stanhoscópio ou joias ópticas são dispositivos ópticos que permitem a visualização de microfotografias sem o uso de um microscópio. As microfotografias, gravadas em pequenas placas de vidro, foram criadas em 1851 pelo britânico John Benjamin Dancer, usando a mesma técnica dos ambrótipos. Mas para a visualização delas, era necessário um microscópio, que na época era um instrumento caro e acessível a poucos. Em 1857, o fotógrafo e inventor francês René Dagron resolveu esse problema, elaborando um método de montagem das microfotografias na extremidade de uma pequena lente cilíndrica. Os Stanhopes adornaram pingentes, anéis e outas peças de joalheria. Existiu uma fábrica francesa de violinos que colocava Stanhopes nos arcos, e geralmente exibiam imagens de compositores famosos. Em 1862, Dagron exibiu os dispositivos na Exposição Internacional em Londres, onde obteve uma menção honrosa e os apresentou à Rainha Vitória. São peças raras e colecionáveis.

Share This