DI 72 – Quadro com calcografia original de Hans Steiner retratando flor de orquídea – ano 1944

DI 72 – Quadro com calcografia original de Hans Steiner retratando flor de orquídea – ano 1944

Antiga e bela calcografia original do artista austríaco Hans Steiner (1910-1974), datada de 1944. Steiner se mudou para o Brasil em 1930, onde iniciou sua formação artística. Seu trabalho focou principalmente na flora e vida no Brasil, destacando-se como um dos maiores artistas do seu gênero no país. A gravura possui 17,5 cm de altura e 12 cm de largura, representa uma flor de orquídea e foi criada em uma matriz de cobre, tal como consta no verso da obra. A peça está emoldurada, com vidro anti reflexo na frete e vidro atrás, para que seja possível ver o verso também. A moldura é em madeira nobre. De 1944, está em ótimo estado se conservação, ideal para colecionadores e apreciadores.

Medidas:
Altura total: 40 cm
Largura total: 31,5 cm

Valor à vista: R$ 1.080,00
Valor parcelado: 5 x R$ 240,00

Referência: DI 72

DI 420 – Placa antiga em bronze decorada com senhora e gansos em relevo rica em detalhes

DI 420 – Placa antiga em bronze decorada com senhora e gansos em relevo rica em detalhes

Antiga e bela placa de bronze de excelente fundição, com cena de senhora com gansos em relevo. Peça rica em detalhes, com borda decorada com folhas. Não possui assinatura, apenas a numeração 6227 no verso. Da primeira metade do século passado, está em ótimo estado de conservação, perfeita para decoração de ambientes.

Medidas:
Altura: 22 cm
Largura: 28,5 cm
Profundidade: 1,2 cm

Valor à vista: R$ 659,00
Valor parcelado: 3 x R$ 247,00

Referência: DI 420

DI 416 – Placa antiga em bronze decorada com cachorros em relevo rica em detalhes

DI 416 – Placa antiga em bronze decorada com cachorros em relevo rica em detalhes

Antiga e bela placa de bronze de excelente fundição, com cena de cachorros em relevo. Peça rica em detalhes, com borda decorada com folhas. Não possui assinatura, apenas a numeração 6228 no verso. Da primeira metade do século passado, está em ótimo estado de conservação, perfeita para decoração de ambientes.

Medidas:
Altura: 22 cm
Largura: 28,5 cm
Profundidade: 1,2 cm

Valor à vista: R$ 659,00
Valor parcelado: 3 x R$ 247,00

Referência: DI 416

DI 291 – Quadro óleo sobre eucatex casa antiga e portão de Ricardo Werner Schulz – 1981

DI 291 – Quadro óleo sobre eucatex casa antiga e portão de Ricardo Werner Schulz – 1981

Belíssimo quadro em óleo sobre eucatex, datado de 1981 do artista Ricardo Schulz. Ricardo Werner Schulz (1931-2015) é natural de Taquara – Rio Grande do Sul, e suas obras têm inspiração no Impressionismo, com o uso de espátula para a composição das telas. Algumas de suas obras estão expostas no Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS), em Porto Alegre. A tela possui 37 cm de altura e 26 cm de largura, e retrata uma casa antiga com portão e flores, construção eclética típica da primeira metade do século XX. O quadro está em ótimo estado de conservação, perfeito para decoração ou para colecionadores.

Medidas:
Altura total: 53,8 cm
Largura total: 43,3 cm
Profundidade: 2,5 cm

Valor à vista: R$ 980,00
Valor parcelado: 4 x R$ 273,00

Referência: DI 291

DI 17 – Quadro grande óleo sobre tela Arte Naïf cidade com casas coloniais de Otaciano Arantes

DI 17 – Quadro grande óleo sobre tela Arte Naïf cidade com casas coloniais de Otaciano Arantes

Belíssimo quadro em óleo sobre tela, retratando uma cidade colonial pintada pelo artista Otaciano Arantes em estilo Naïf. Otaciano nasceu em 1931 na cidade de Morrinhos – Goiás, e já teve suas obras expostas em importantes galerias do Brasil. A Arte Naïf é uma classificação que designa artistas auto-didatas que inventam um jeito pessoal de expressar suas emoções. De 1984, está em ótimo estado de conservação, perfeito para decoração ou colecionadores.

Medidas:
Altura total: 58 cm (tela: 49 cm)
Largura total: 107,4 cm (tela: 98,4 cm)
Profundidade: 3 cm

Valor à vista: R$ 2.150,00
Valor parcelado: 5 x R$ 478,00

Referência: DI 17

DI 39 – Quadro antigo e grande em óleo sobre tela com mulher nua assinado Sganderla

DI 39 – Quadro antigo e grande em óleo sobre tela com mulher nua assinado Sganderla

Belíssimo quadro antigo, em óleo sobre tela, representando uma mulher nua em delicado movimento. A tela mede 82,5 cm de altura e 38,5 cm de largura, e possui a assinatura Sganderla (não identificada) no canto inferior esquerdo e no verso. A moldura é em madeira clara. De meados do século passado, está em ótimo estado de conservação, perfeito para uso e decoração de ambientes.

Medidas:
Altura total: 94 cm
Largura total: 50,3 cm
Profundidade: 3 cm

Valor à vista: R$ 1.340,00
Valor parcelado: 5 x R$ 298,00

Referência: DI 39

DI 410 – Quadro 1940 diploma de sócio do Círculo Operário Ferroviário do Rio Grande do Sul com Jesus

DI 410 – Quadro 1940 diploma de sócio do Círculo Operário Ferroviário do Rio Grande do Sul com Jesus

Antigo diploma do Círculo Operário Ferroviário do Rio Grande do Sul, com uma imagem do Sagrado Coração de Jesus. Peça com data de 5 de Novembro de 1940. Está em bom estado de conservação, com moldura original e algumas marcas do tempo, que pouco interferem na beleza da peça. Perfeito para decoração e para apreciadores.

Medidas:
Altura total: 43 cm
Largura total: 30,6 cm
Profundidade: 1,2 cm

Valor à vista: R$ 189,00

Referência: DI 410

DI 358 – Quadro Ângelo Guido pintura a óleo de rua florida de Gramado com casa e árvores

DI 358 – Quadro Ângelo Guido pintura a óleo de rua florida de Gramado com casa e árvores

Belíssima pintura em óleo sobre cartão, medindo 25 cm de altura e 16,5 cm de largura, do artista ítalo-brasileiro Ângelo Guido. Ângelo Guido Gnocchi (Cremona, 10 de outubro de 1893 – Pelotas, 9 de dezembro de 1969) foi um pintor, escultor, gravador, escritor e crítico de arte ítalo-brasileiro. Por volta de 1900, iniciou seus estudos no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo. Em 1912 decorou o Salão Nobre do Instituto Histórico e Geográfico, em Salvador. Dois anos depois, passou a residir em Santos, tendo trabalhado como crítico de arte no jornal A Tribuna de Santos. Passou a residir em Porto Alegre em 1925, onde escreveu crítica de arte para o jornal Diário de Notícias. Em 1935 participou da Exposição do Centenário Farroupilha. No ano seguinte foi nomeado para a cadeira de História da Arte na recém fundada Escola de Artes do Rio Grande do Sul, da qual foi diretor entre 1959 e 1962. Em reconhecimento ao seu trabalho, recebeu o título de professor emérito quando de sua aposentadoria. Se consagrou como pintor, recebendo prêmios e condecorações. A pintura retrata uma vista de rua florida de Gramado – Rio Grande do Sul, com árvores e uma casa em segundo plano. Foi encomenda de família de Gramado. A moldura é em madeira nobre. Dos anos 50/60, está em ótimo estado de conservação, perfeito para decoração de ambientes e para colecionadores.

Medidas:
Altura total: 44,2 cm
Largura total: 35,6 cm
Profundidade: 4,3 cm

Valor à vista: R$ 7.600,00
Valor parcelado: 5 x R$ 1.698,00

Referência: DI 358