Petit = pequeno, em francês. É um tipo de solução que apareceu entre escultores que surgiu no final do século XIX  e se popularizou no século XX.  Trata-se uma liga de ESTANHO, CHUMBO, ANTIMÔNIO (semi-metal que dá mais dureza ao chumbo) e uma PEQUENA (PETIT) quantidade de BRONZE. O antimônio tem uma coloração branca-prateado. A proporção de cada um desses quatro elementos na confecção das peças não obedece a um padrão. Logo, o resultado é diferente (textura, peso, aparência, dureza etc), dependendo da maior ou menor quantidade de metal utilizado. A denominação correta desta combinação de quatro metais, é PELTRE. Entretanto, se popularizou rapidamente a denominação PETIT BRONZE. As esculturas em petit bronze são ocas e o resultado é um metal leve, muito maleável e, naturalmente mais frágil que as peças constituídas apenas de bronze. Normalmente as peças em petit bronze (peltre) recebem pátina em tons bronze-amarronzados ou esverdeados escuros, simulando a oxidação do bronze (azinhavre).