ES 14 – Escultura antiga e grande de carneiro de Abraham Palatnik assinado

ES 14 – Escultura antiga e grande de carneiro de Abraham Palatnik assinado

Antiga e grande escultura feita de acrílico, de Abraham Palatnik (1928-2020). Palatnik , nascido em Natal/RN foi um artista plástico brasileiro, pioneiro da abstração geométrica e da arte cinética no Brasil. Algumas de suas obras contêm instalações elétricas que criam movimentos e jogos de luzes. A escultura representa um carneiro, com detalhes em preto e branco. A assinatura do artista é visível próxima da base. De meados do século passado, está em ótimo estado de conservação, apresentando apenas pequenos sinais do tempo: um leve e discreto bicado no pé e que é quase imperceptível, que em nada interfere na beleza da peça. Ideal para decoração ou para colecionadores.

Medidas:
Altura: 13,6 cm
Largura: 15,5 cm
Profundidade: 2,4 cm

Valor à vista: R$ 1.790,00
Valor parcelado: 5 x R$ 398,00

Referência: ES 14

Burra ou burras (dicionário)

Burra ou burras (dicionário)

 

 

Fotos meramente ilustrativas no nosso DICIONÁRIO DE ANTIGUIDADES. Não fazem parte do nosso acervo!

“Burra” ou “burras” é uma caixa antiga pesada em metal em forma de arca ou cofre usado para guardar objetos de valor e dinheiro. Tem sempre uma alça e, naturalmente, fechadura com chave. As pessoas mais cautelosas, tomavam o cuidado de parafusa-la (no chão ou num esconderijo). É o precursor do cofre. Daí surgiu a expressão, antiga “Estar de burras cheia” que, nada mais é do que estar rico, com bastante dinheiro ou posses. Esta expressão ainda é utilizada em algumas regiões do interior do Brasil.

Présentoir (em francês): presentoá / presentoar (dicionário)

Présentoir (em francês): presentoá / presentoar (dicionário)

Fotos meramente ilustrativas no nosso DICIONÁRIO DE ANTIGUIDADES.  Não fazem parte do nosso acervo!

Présentoir, em francês significa SUPORTE. Palavra “aportuguesada” para presentoá ou presentoar. Trata-se de uma bandeja (geralmente em formato ovalado ou redondo) que forma conjunto com a peça que é sobreposta ao présentoir, conferindo elegância e equilíbrio à mesma. Semelhante ao píres de uma xícara, no caso de molheiras, sopeiras e compoteiras, o présentoir tem a função de impedir que o caldo pingue na mesa, ao servir-se. Já nos centros de mesa tem a função de enobrecer e realçar o objeto, conferindo-lhe leveza. Outras peças antigas também PODEM ser providas de présentoir: galheteiros (porta-temperos), porta-garrafas, bules, etc. A maioria dos présentoirs são soltos (avulsos). Mas algumas peças têm o seu presentoir anexado (fixo), formando uma só peça.

LO 491 – Xícara de cafezinho antiga alemã Rosenthal decorada com flores e borda dourada

LO 491 – Xícara de cafezinho antiga alemã Rosenthal decorada com flores e borda dourada

Bela xícara de cafezinho em porcelana alemã da fabricante Rosenthal. A empresa foi fundada em 1879, e é considerada uma das mais importantes fabricantes de porcelana da região da Bavária e da Alemanha. A xícara é decorada com flores e bordas douradas. Dos anos 60/70, está em ótimo estado de conservação, perfeita para uso, decoração, coleção ou para presentear. Temos 2 unidades.

Medidas:
Altura da xícara: 4,9 cm
Diâmetro do píres: 10,8 cm

Valor à vista: R$ 69,00 cada

Referência: LO 491

LO 126 – Sopeira antiga com presentoir em porcelana tcheca Haas & Czjzek com penas de pavão

LO 126 – Sopeira antiga com presentoir em porcelana tcheca Haas & Czjzek com penas de pavão

Antiga e bela sopeira com presentoir em porcelana da fabricante Haas & Czjzek, de origem tcheca. A empresa foi fundada em 1792 com apenas 21 funcionários, e em 1812 se tornou a fornecedora oficial do Imperador Francis I da Áustria e da sua filha Marie Louise. A sopeira é decorada com penas de pavão estilizadas. Da primeira metade do século passado, está em bom estado de conservação, apresentando discreto restauro no pé da sopeira, que passa despercebido e não interfere no uso ou na beleza da peça. Perfeita para uso ou decoração.

Medidas:
Altura: 29 cm
Largura de alça a alça: 33 cm
Diâmetro do presentoir: 30,8 cm

Valor à vista: R$ 529,00
Valor parcelado: 2 x R$ 295,00

Referência: LO 126

LO 460 – Cesta de porcelana polonesa antiga com flores de roseira e detalhes vazados

LO 460 – Cesta de porcelana polonesa antiga com flores de roseira e detalhes vazados

Pequena e bela cesta decorativa, feita de porcelana de origem polonesa. Possui flores de rosa em relevo e pintadas à mão, além de detalhe vazado em toda a volta. De meados do século passado, está em ótimo estado de conservação, perfeita para uso ou decoração.

Medidas:
Altura: 9,5 cm
Largura: 11,5 cm
Profundidade: 9 cm

Valor à vista: R$ 79,00

Referência: LO 460

LO 449 – Petisqueira ou tigela pequena de porcelana alemã Rosenthal decorada com flores douradas

LO 449 – Petisqueira ou tigela pequena de porcelana alemã Rosenthal decorada com flores douradas

Belíssima petisqueira ou tigela pequena, feita de porcelana alemã da fabricante Rosenthal. A empresa foi fundada em 1879, e é considerada uma das mais importantes fabricantes de porcelana da região da Bavária e da Alemanha. Apresenta decoração de ramos e flores em dourado, além de delicado relevo geométrico em toda a peça. De meados do século passado, está em ótimo estado de conservação, perfeita para uso ou decoração.

Medidas:
Altura: 3,3 cm
Diâmetro: 12,7 cm

Valor à vista: R$ 65,00

Referência: LO 449

Vidro ou cristal

Fotos meramente ilustrativas no nosso DICIONÁRIO DE ANTIGUIDADES.  Não fazem parte do nosso acervo!

O cristal propriamente dito é aquele tipo de mineral encontrado na natureza que abrange tanto o diamante quanto o quartzo.

O vidro cristal é um tipo de material utilizado para a fabricação de lustres, taças e copos mais refinados.

“O vidro cristal e o vidro comum têm uma estrutura molecular praticamente idêntica: a diferença está nos elementos químicos que compõem essa estrutura”.

Detalhe químico separa o vidro comum do cristal:

1 – A estrutura molecular de ambos os materiais tem o mesmo desenho.

2 – O principal componente dos dois é a areia (sílica). Os outros ingredientes é que variam.

3 – O vidro comum combina a sílica com óxido de sódio, óxido de cálcio e óxido de alumínio.

4 – O cristal acresce à sílica apenas o óxido de chumbo (substância que dá mais brilho e maior peso ao produto).

CARACTERÍSTICAS DO VIDRO COMUM:

O custo é mais baixo, é mais comum (mais popular). NÃO É CRISTALino. É mais translúcido. O toque é mais “aspero”. Se colocar um líquido dentro (de um recepiente de vidro) ele fica mais nebuloso, O vidro ABSORVE o som, que fica mais denso, mais seco. Ou seja, não produz uma nota musical, ao ser tocado.

O VIDRO CRISTAL:

O óxido de chumbo, presente na composição do vidro cristal com a  base de sílica (areia), confere mais dureza, rigidez, peso, brilho CRISTALino, transparência, fragilidade e SORONIDADE à peça. O líquido dentro de um recipiente de vidro cristal fica mais visível, claro, límpido. Ao toque, tem-se uma sensação mais suave e arredondada.  Ao ser tocado (ex, com as unhas de 2 dedos puxados simultaneamente à sua borda para fora), emite uma NOTA MUSICAL. longa. Tanto é que é possível, inclusive, fazer-se música utilizando-se de vários copos.