Bergere (bergér) – dicionário

Bergere (bergér) – dicionário

Fotos meramente ilustrativas no nosso DICIONÁRIO DE ANTIGUIDADES. Não fazem parte do nosso acervo!

Tipo de poltrona, larga e profunda, de madeira, com partes estofadas, criada do início do século XVIII e que se tornou muito popular. Os braços são fechados lateralmente, formando uma espécie de “aba” na parte superior. O encosto é curvo e quase sempre tem uma almofada solta sobre o assento.

Ver Canapé

Ver Chaise-longue

Ver Conversadeira

Ver Marquesa

Ver Marquise

Ver Namoradeira

Ver Récamier

 

 

Bavária (dicionário)

Bavária (dicionário)

Fotos meramente ilustrativas no nosso DICIONÁRIO DE ANTIGUIDADES. Não fazem parte do nosso acervo!

Bavária = Baviera = Bayern

Antiga Alemanha. Bayern é como se chama, no idioma local, o estado alemão situado no sudeste do país, cuja capital é Munique. Bayern, no latim medieval, virou Bavaria.

Baquelite (dicionário)

Baquelite (dicionário)

Fotos meramente ilustrativas no nosso DICIONÁRIO DE ANTIGUIDADES. Não fazem parte do nosso acervo!

O baquelite é uma resina quimicamente estável e resistente ao calor, que foi o primeiro produto plástico. Trata-se do polioxibenzimetilenglicolanhidrido. Foi inventada cerca de 1909 pelo Dr. Leo Baekeland, químico americano de origem belga. É resistente ao calor, infusível, forte, arde lentamente, podendo ser laminado e moldado na fase inicial da sua manufactura. Devido à dureza e durabilidade após arrefecimento, já que não pode voltar a ser moldado ou amolecido, foi considerado como material para fabrico de moeda durante a Segunda Guerra Mundial. Serviu também para fabrico de armamento, em grande escala. O baquelite é pouco usado atualmente em produtos de consumo corrente. Antigos produtos deste material, especialmente artigos de cozinha e brinquedos, tornaram-se artigos de coleção muito apreciados.

Azul Pombinho (dicionário)

Azul Pombinho (dicionário)

Fotos meramente ilustrativas no nosso DICIONÁRIO DE ANTIGUIDADES. Não fazem parte do nosso acervo!

Louça inglesa fabricada desde 1858 com decoração azul cobalto sobre branco, onde é “contada” a lenda chinesa do salgueiro (árvore sempre presente nessa louça): um mandarim expulsa sua filha de casa (representada pela ponte) quando descobre que ela está apaixonada por um carteiro. Além disso, roga-lhes uma praga: ao trocarem o primeiro beijo, eles se transformariam em 2 pombos (parte superior do prato). As peças mais antigas têm, no seu anverso, em letras azuis a palavra “Stradforshire” – fábrica inglesa responsável pelas primeiras tiragens dessa louça. Aparecem: aparelhos de jantar e de chá completos.

Aubusson (dicionário)

Aubusson (dicionário)

Fotos meramente ilustrativas no nosso DICIONÁRIO DE ANTIGUIDADES. Não fazem parte do nosso acervo!

Tipo de tapete da cidade francesa de mesmo nome que ornamentou Versalhes no século XVIII. Caracteriza-se por cores suaves e motivos clássicos, com grandes ramos de flores.

Arandela (dicionário)

Arandela (dicionário)

Fotos meramente ilustrativas no nosso DICIONÁRIO DE ANTIGUIDADES. Não fazem parte do nosso acervo!

Tipo de luminária que lembra um castiçal e que fica presa à parede. Modernamente as arandelas são eletrificadas, mas seguem o tradicional modelo antigo, com prato  (bobeche) que era colocado sob a vela, para aparar a cera derretida.

Ver “Aplique de Parede

Aquarela (dicionário)

Aquarela (dicionário)

Fotos meramente ilustrativas no nosso DICIONÁRIO DE ANTIGUIDADES. Não fazem parte do nosso acervo!

Técnica de pintura em que a tinta é dissolvida com água e o resultado tem propriedades transparentes. A técnica vai do molhado ao seco.

Aparador (dicionário)

Aparador (dicionário)

Fotos meramente ilustrativas no nosso DICIONÁRIO DE ANTIGUIDADES. Não fazem parte do nosso acervo!

Balcão ou armário para guardar louças, toalhas de mesa e utensílios e também como móvel auxiliar para o serviço de mesa. Originalmente era todo fechado, mas a partir do século XIII as portas começaram a ser retiradas para mostrar peças de valor e de coleção. Pode ter o tampo em mármore, madeira ou granito.

Antiquário (dicionário)

Antiquário (dicionário)

O termo é aceito tanto para representar a PESSOA (física) que comercializa, assim como a LOJA (pessoa jurídica) que compra e vende antiguidades. Há pessoas que também se utilizam do termo “ANTIQUARISTA” para se referir à pessoa que comercializa antiguidades.